Dicas de treino 16 de fevereiro de 2020

Recentemente criei meu canal no YouTube e este foi meu primeiro vídeo.

Nele, eu te mostro 5 coisas que você está ignorando no teu treino e que estão te impedindo de conseguir conquistar o corpo que você deseja.

Os 5 pontos que menciono no vídeo são o seguinte:

  • Elevar os calcanhares para melhorar o agachamento;
  • Afundo para glúteos;
  • Escolher poucos exercícios e devotar tempo ficando mais forte neles;
  • Equilibrar empurrar x puxar;
  • Dias de descanso.

Vamos destrinchar cada um deles aqui neste texto.

Elevar os calcanhares para melhorar o agachamento.

O agachamento é um exercício incrível para o trabalho de membros inferiores e é um dos exercícios básicos utilizados na grande maioria dos programas de treino. É um exercício que nunca falta para quem treina levantamento de peso, por exemplo, e mesmo para quem treina para hipertrofia ou emagrecimento é um exercício que traz muitos resultados também.

Por ser um exercício complexo que envolve vários grupos musculares e articulações, demanda um nível de consciência corporal e de mobilidade maior para ser bem executado. Uma dessas articulações que limita bastante um bom agachamento é o tornozelo. A falta de mobilidade de tornozelo impede que o joelho se desloque para frente e consequentemente reduzindo a amplitude do movimento. Quando você coloca um calço no calcanhar, como um pedaço de madeira por exemplo ou um tênis próprio de levantamento de peso onde a parte do calcanhar é mais alta, você retira essa limitação e consegue agachar com maior amplitude, tornando o exercício muito mais eficiente.

Afundo para glúteos

O afundo é um exercício composto, assim como o agachamento, que envolve vários grupos musculares e articulações. É um exercício unilateral. Os principais grupos musculares que são utilizados são o quadríceps (músculos da frente da coxa) e os glúteos. São dois movimentos que ocorrem no afundo. 1 – extensão de joelhos (quadríceps) e 2 – extensão de quadril (glúteos).

É um exercício excelente que, quando bem executado, vai melhorar bastante não somente tuas pernas, como teus glúteos também. Outra variação do afundo que também é muito relevante e tão boa quando é a passada.

Escolher poucos exercícios e devotar tempo ficando mais forte neles

Um erro grande quando se planeja um treino é escolher exercícios demais e/ou ficar sempre fazendo coisas diferentes. Como você vai conseguir desenvolver boa consciência corporal, aprender a executar o movimento de maneira bem técnica e saber utilizar os músculos de forma ideal, além de realmente evoluir no teu treino, se fica fazendo coisas demais ou diferentes o tempo todo?

Foque em poucos exercícios e em ficar cada vez melhor neles. Melhore tua execução, concentre-se nos músculos trabalhando, fique mais forte! É nisso que você precisa se concentrar e é isso que vai te fazer evoluir.

Equilibrar empurrar x puxar

Empurrar e puxar envolvem os mais diferentes grupos musculares de todo o nosso corpo. Em resumo, temos músculos que empurram (ex: peitoral, tríceps, deltóide anterior, quadríceps, etc.) e músculos que puxam (costas, bíceps, posterior de coxa, etc.).

O que muito acontece é fortalecermos determinados grupos musculares e deixarmos outros de fora. Isto ocasiona em desequilíbrios musculares que geralmente terminam em: 1) algum tipo de dor; 2) postura ruim ou 3) corpo esteticamente feio.

Pense o seguinte: quem é mais bonito: 1 pessoa musculosa mas com uma postura feia ou uma pessoa não tão musculosa mas com a postura bem encaixada? Quem tem mais presença, que chama mais atenção? Com certeza o segundo tipo. É por isso que é preciso equilibrar o nosso corpo. Para isso, um bom planejamento de treino que te faça entrar nesse equilíbrio em conjunto com alongamentos essenciais para você vai te fazer ter um corpo muito mais bonito.

Dias de descanso

Por vezes queremos treinar todos os dias com o pensamento de que “quanto mais melhor”. Na ânsia de emagrecer ou ganhar massa muscular, você pode achar que quando mais treinar, melhor será. Muito pelo contrário. Quanto mais treinar, maiores serão as chances de você se machucar se não tiver cuidado e de não ter os resultados que espera. Entenda que o corpo vai realmente evoluir enquanto em repouso. O treino nada mais é do que o estímulo para que, durante o repouso, possa realmente se recuperar, adaptar e melhorar.

Todo grande atleta precisa de descanso e você não é diferente. Não quero dizer passar um ou mais dias por semana sem fazer nada, mas você não precisa fazer um treino pesado todos os dias. Tenha alguns dias na semana para apenas fazer alguma outra atividade mais leve, como caminhada, um passeio de bicicleta, uma sessão de alongamentos ou yoga, por exemplo. São atividades que te farão bem, você se manterá ativo, mas não estará prejudicando tua recuperação.

Estes foram os 5 pontos que falei no vídeo e que podem atrapalhar teus ganhos se você simplesmente preferir ignorá-los por falta de conhecimento ou por realmente não querer aplicar nenhum deles.

Como diz o ditado: o recado está dado. Espero que você aplique estes pontos acima mencionados e que possa ter resultados incríveis.

Se precisar de uma ajuda extra, é só entrar em contato ou adquirir um dos meus programas de treino aqui no meu site.

Abraço e bons treinos!

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

-10%

Subscribe now for discount

Loading